historinhas de Dubai

O Gui enviou o link de uma historinha que está dando o que falar já tem uns bons meses: um casal de britânicos tomou um pilequinho e decidiu fofar na praia. Brilhante, né?

Aí virou um bafafá com inglesinhos and all the islands gang sobre o conservador modo de vida nos Emirados. Hello-o?

Tipo… a gringaida chega, ganha rios de dinheiro, carro bacana e vila na praia mas não aceita que certas putarias simplesmente não rolam? Que aqui é um país islâmico? Quer liberdade, volta pra casa, uai. Mas não terá Porsche Cayenne nem apê da hora com vista ao mar.

Enfim… Sei que conservadorismo irrita. Eu mesma já levei pito da polícia porque saí para andar às 3 da manhã e um gambé me parou. Ok. Nada de grave, afinal, estava fazendo o trabalho dele.

Outra vez também fui abordada com um amigo jordaniano porque estávamos fumando na praia no mesmo horário. Como ele viu que éramos só amigos, nos deixou em paz.

E sim, a vida aqui é tão chata que, após uma baladinha com os amigos o único after disponível é fumar e tomar chá na praia. Superlegalzão, né? Preciso urgente de um carro para não depender do conceito de diversão dos meus amigos árabes.

* * * * *

Outra história que ronda a cidade é que o tal Burj al Arab estaria afundando. Aí o Sheikh dono do hotel acabou dando o 7 estrelas para seu primo, o Sheikh não me lembro o nome. Huahua, presentão.

Não entendo picas de engenharia (algum leitor engenheiro?), mas lembro dos predinhos tortos de Santos. Vale lembrar que o Burj foi construído em uma ilhota artificial sobre areia.

Quer afundar, afunda. Mas não antes da minha mãe chegar, tá! Vou levar a turca pro high tea chiquetoso.

Mais um bafo seria uma tal de cruz na estrutura do do hotel. Olha, não vejo cruz nenhuma (teclando e bisoiando o Burj pela janela, que agora está iluminado com laranja, que nem o Ibis da Marginal Tietê). Aí que tem uma penca de árabes passando mal de tanta peitica pela influência cristã no país muçulmano. Kkkkk. micaguei.

Leia mais aqui.

Anúncios

8 Comentários

Arquivado em Uncategorized

8 Respostas para “historinhas de Dubai

  1. A comparação do Burj com o Ibis do Tietê foi memorável. Um parabéns do tio.

  2. Algumas diferenças culturais merecem ser respeitadas. E no estrangeiro querer transar na praia é gringo acostumado a turismo em Fortaleza, kkkk!

  3. Eu hein, mas em que país eles poderiam transar ao ar livre na praia? (praia do abricó no RJ em dia de semana não conta!)\o/ adorei a visita! só ouço o povo falando bem de você. Hmmm não programei nada pra dezembro ainda. Eu queria ir na festa do Rogério Figueiredo, mas o namorado não quer nem ouvir falar em viagem na véspera do show da Madonna.Don’t worry, be happy, we’ll meet!

  4. Gui

    Ai, nunca trepei na praia. Apesar de achar que tanta areia pode ser um incômodo desnecessário, fica a vontade.Quem sabe quando for a Dubai, néam?

  5. Comentarista norueguês sobre o fato: “É recomendável seguir as regras locais”.Kelly lê e pensa: “No shit, Sherlock”.

  6. na verdade, a maioria da opinião pública inglesa está contra o casalzinho trepadeiro. basicamente, a real é a seguinte: ninguém forçou a ida dos dois para um país islâmico. e mesmo que eles tivessem sido pegos trepando na areia, teriam escapado da cadeia e de todo esse inconveniente caso tivessem CALADO A BOCA, se desculpado e SUMIDO DALI como sugerido quando foram abordados. a mulher quis partir pra porrada; danou-se. tsc tsc tsc. um tempinho na cadeia e ela aprende a fazer tricô.

  7. Isso me lembra de um episódio com uns ingleses quando estava de férias na Grécia. Duas mocinhas e um rapazinho resolveram fazer um ménage básico na praia sob o sol da manhã… Detalhe: a praia estava cheia de famílias felizes que não gostaram nem um pouco da exibição e resolveram chamar a polícia. O acontecimento virou assunto de todos os jornais no dia seguinte. Estes ingleses adoram fazer putaria no país alheio, né?

  8. Aqui em Londres agora liberaram o sexo nos parques, isto e, se ninguem reclamar…Adoooro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s