desamassamento, solda e pintura

Dizem que a mulher pode ter um ótimo namorado mas, se não tiver um bom cabeleireiro, será incompleta. Bem, não preciso nem dizer que quase me debulhei em lágrimas quando soube que o Rogério se fué, abandonou o salão onde trato meu picumã e me deixou em prantos. Bandido, cachorro. Deve estar agora alisando algum cabelo que uma jararaca qualquer em outra comarca.

Mas assim como namorados a fila também anda para os cabeleireiros. Hoje fui apresentada ao Alexandro, um cabeleireiro novo e geminiano como eu. Passei algumas horas ao lado dele no estica e puxa e a química foi instantânea: meu cabelo está lindo, brilhante, wellastradíssimo mas ainda com muito movimento e uma franjinha luxo.

É verdade que ameacei atacá-lo com o cabo do pincel caso ele errasse a medida de minhas franjas, afinal, benhê, cara de moça dos palitos Gina quem curte? Confesso que fiquei aflita nas 4 primeiras horas. Gostei, também, de seu método não-ortodoxo de desfiar o cabelo: deitei na cadeira, joguei o cabelo para trás e alguns minutos e uma certa torcicolo depois, tchararam, um ótimo desfiado.
Ok que perdi no comprimento. Mas a culpa é minha porque judiei de minhas madeixas com laquês e outros artefatos que seguram o cabelo das bandejeiras.
Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Sem categoria

5 Respostas para “desamassamento, solda e pintura

  1. Ai, você podia colocar foto.Que tal, hein?!

  2. "cara de moça dos palitos Gina quem curte? "rolei de rir 😉

  3. Seu novo coifeur fez um bom serviço que eu vi =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s