na tela da tevê, no meio desse povo…

A gente vai se ver numa churrascaria brasileira em Pequim? Eu passo. Estive na Latin Grillhouse e tenho que dizer uma coisa: eles tentam. Imagino a difícil logística para manter um rodízio de carnes num país tão, er, chinês. Onde a carne bovina me dá engulhos – sempre dura, sempre com gosto de sebo (mesmo em restaurantes tops, mesmo no room service do hotel e, oi, fico sempre no Radisson, ou seja, não é uma biboca qualquer). Mas sim, eles tentam e digo que o esforço é louvável. Mas não, não volto lá.

Vou numerar aqui minhas razões:

1. O staff é bom. O serviço é simpático, os chineses vestidos de gaúcho são hilários e cortam a carne direitinho. Mas a carne deixa a desejar não pela competência da cozinha, mas pela qualidade da carne chinesa. O filé com alho foi o que mais me agradou. Mas, mesmo assim, eu passo. Só vou se estiver muito homesick, afinal, se estou na Ásia e GOSTO de comida dessa parte do mundo não será aqui que vou ter meus cravings de comida brasileira. Melhor ter esse momento na Austrália, onde a carne é bowwwwaaaa.

2. Música ao vivo. Sambão. A banda é boa. Mas esse entretenimento para gringo ver realmente me deixa um pouco envergonhada quando eles chegam na minha mesa com os chocalhos e maracas olhando pra mim e dizendo “samba, Brasil”. Vamos explicar: nunca fui aquela guriazinha metida a amiga do povão que vai no forró na sexta e no sambão no domingo. Minha mãe me criou ouvindo rock, minha avó me colocou nas aulas de piano clássico quando eu tinha oito anos. Não sei sambar, não tenho ginga e apesar de gostar muito de bossa nova e algumas batidas de samba… Não vou levantar da minha mesa e fazer a mulata Globeleza. Mas é isso que meus compatriotas de banda esperam, é isso que meus amigos alemães estão loucos pra ver. E é isso que me tira o apetite desde que estou no taxi suando frio pensando no momento. Porque quando vou tomar cerveja e comer linguiça com a gangue chucrute não espero que ninguém vista o lederhosen.

3. O arroz que acompanha a feijoada é steamed rice.

Estou procurando outro local em Pequim que sirva um menu brasileiro mas sem todo o entourage, afinal, quero sentar e comer uma feijoada em paz e mostrar minha cultura pros amigos sem cagar nos estereótipos. Agora, se você está realmente homesick e quer ignorar a variedade culinária que a capital ofereça, SIJOGA. O surpresa boa foi o vinagrete na mesa. O vina-fucking-grete. 🙂

Anote o endereço (porque o site é horrível):

C1-11 building 1, Solana, No 6. Chaoyang Park Road,
朝阳公园西路六号蓝色港湾商业区1号楼C1-11

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em China, coisa de gordo safado, comer, Pequim

7 Respostas para “na tela da tevê, no meio desse povo…

  1. Dizem que o Alameda é a melhor opção de restaurante brasileiro em Pequim: http://noticias.uol.com.br/economia/ultnot/lusa/2007/06/13/ult3679u1929.jhtm .
    Se vier a Xangai, visite o Latina da Xujiahui (徐家汇). A banda é boa e não toca somente samba. Além disso,recomendo os restaurantes do Radisson da People’s Square e J.W. Marriot, que também fica nas imediações.
    http://www.radisson.com/shanghai-hotel-cn-200003/chnsghnw/dinings

  2. 1-Amei a sua avó!
    2-Adorei a tag: Coisa de gordo safado!

    Tinha tempo q não vinha aqui.

    Bj.

  3. vina-fucking-grete.

    hahaha..RIALTO aqui

  4. Claudia Dannemann

    Menina, você anda empolgada para escrever (8 ou 80, será?)…. A carita dos chineses nessa churrascaria aí já me tirou o baixo astral! Valeu!

  5. Gustavo

    Falando em ginga, passei mal quando conheci um israelense e disse que era do Brasil ele perguntou se eu “danço com flores”. Eu perguntei “o que” e ele patinou pra falar “Carrrrrrnaval”. Eu ri tanto que ele ficou até sem graça. Vou pro Rio no mínimo duas vezes por ano e não sei o que é carnaval. Pelo menos terminei o dia aprendendo palavrões em hebraico. Tô preparadíssimo pra fazer tour em Cristo em Jerusalem 🙂

  6. Kiara

    Valeu as dicas! Fui ao site desse restaurante e me diverti com a foto de abertura! 😀

    Mas quando foi a última vez que você foi a esse restaurante? A foto é de 2009…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s