vocês viram minha amiga na Hebe?

Pra quem perdeu a minha amiga Jules, a lindíssima e loiríssima e gauchérrima GoriJi, no programa da Hebe do último dia 22 (levanto a mão porque estava saindo pra Toronto), deixo aqui os links para os vídeos – não consigo colocar aqui nesse sistema chorumento do wordpress!

http://www.redetv.com.br/hebe/video/178154/hebe-conversa-com-muculmanas-no-quadro-choque-cultural-1.html

http://www.redetv.com.br/hebe/video/178172/hebe-conversa-com-muculmanas-no-quadro-choque-cultural-2.html

Ahasou, beesha! Conheci a Zeba e a mammy (paquistanesa) no vôo de volta pra Dubai. Vocês não imaginam que fofas! 🙂 Já a Hebe, well… Santa ignorância! “Vocês não tem talheres?” – VTnC, né? Perdeu uma linda chance de calar a boca.

Anúncios

19 comentários em “vocês viram minha amiga na Hebe?

  1. eu vi tb, e achei uma puta falta de noção da Hebe. Custava ter pesquisado um pouco sobre o Islam pra não ficar fazendo perguntas esdrúxulas como esta? Decepcionei com ela… achava que era mais inteligente #prontofalei
    E acho que super podiam ter aproveitado melhor a Jules tb…

    baccio, zuina.

  2. Mas bah, tchê!
    Até fiquei corada novamente. ❤

    O que me surpreendeu foi que a Hebe já esteve em Dubai e já viu que as coisas não são do jeito que ela pensa – ou mostra que pensa…

    Mas enfim, esta terça-feira tem a segunda parte, Zeba no Brasil. 🙂

  3. Sem querer de forma alguma defender a Hebe (aqueles selinhos q ela dá nos convidados arrepiam os pelos de locais tensos – e nao da forma legal de arrepiar!), mas ela deve ter de fazer essas perguntas esdruxulas…tipo, quem eh o publico do programa dela (o grosso do publico pelo menos…)? ela vai perguntar o q o cara do prompt ta buzinando no ouvido dela, com um pouquinho de espaço pro improviso dela (ou ignorancia?).
    De qualquer forma, tb acho q mesmo querendo esclarecer pontos obvios da outra cultura, ela poderia muito bem fazer de maneira diferente…..

    no fim das contas, so fica o medo das ‘bitucas’.

    1. se a Hebe não tem nada de construtivo para falar é melhor calar a boca. e se o público é ruim, outro motivo para não criar polêmica. estamos carecas de saber que essas coisas só geram mais preconceito.

      outra coisa: a Hebe já esteve em Dubai. Se não aprendeu nada… Sinto pelo QI de um dígito.

  4. Aconteceu no programa de ontem, tema: choque cultural. Uma repórter convidou duas mulheres do Islâ para assistirem o carnaval no Rio de Janeiro. As mulheres não gostaram de ver o desfile de mulheres nuas e gestos sensuais.

    Hebe Camargo, com seu convidado Lulu Santos, comentaram a reação das duas mulheres islamitas. Usando palavras e gestos obscenos, eles concordaram que “as mulheres do islâ” estavam sentindo falta de sexo, falta de transar, segundo Lulu Santos, era falta de libido, enquanto fazia gestos pornográficos com os dedos, e ainda disse que elas não usam a libido, por isso, ficam usando aquelas roupas imbecis cobrindo o rosto.

    A Hebe Carmago, morreu de rir e disse que elas transassem mais para deixar de ver tudo como pecado.

    O que vcs acham disso?

    1. João, isso é uma pergunta retórica? Deus proíba que minha família paquistanesa veja isso. Morreria de vergonha. Pois acho que esse papo de que brasileiro é mente aberta é uma bela duma fétida mentira. Nunca vi povo mais ignorante e desinteressado. Lógico que essa carioquinha aí aprendeu que a mulher no Islã a mulher usa o véu para se proteger e SE QUISER. Mas prefere achar que isso é um absurdo e yadda yadda yadda. É muito mais fácil pensar assim e rotular o Islam como algo bárbaro do que estudar e tentar entende-lo. Culpa da Michele? Talvez não. Culpa da cultura brasileira, culpa da educação que recebeu e da inércia intelectual que afeta muuuuita gente no Brasil.

      Quando digo que não como carne de porco para um brasileiro… Geralmente sou recebida com uma pedrada do tipo “nossa, virou muçulmana?”. Tenho preguiça. Assim como a Gori sei muito bem o que é aguentar futriquinha até de amigos que julgam nossas escolhas.

      E acho nojento ver homem de sunga andando pelas ruas também. Aquele barrigão de cerveja desfilandopor aí. Fodam-se os pudores, né? Afinal, bom mesmo é o carnaval… Quando o povo se comporta feito bicho. Pra mim não tem diferença entre a tailandesa que faz ping pong com a vagina num bar de Bangkok a uma gostosona que chacoalha suas partes pra ganhar 5 minutos de fama. Dignidade zero. Coisa de bicho.

      E digo mais: vejo muita gente bem mais feliz em famílias muçulmanas do que famílias no Brasil onde a Vencicleide fornica com o cunhado e com o tio e com o primo. Pra mim isso é coisa de bicho.

  5. putz libaaaa! esta terça passou a segunda parte do programa… foi ainda pior q o primeiro, pq juntou a ignorância e desrespeito de Hebe, com a pseudo intelectualidade (ele se acha O intelectual) de Lulu Santos. Juntando com a tal Michele q era um pé no saco… Show de horrores…

    1. Pior é essa carioquinha dizendo que os muçulmanos não respeitam a religião deles sendo que ela levou a Zeba prum BAR. Mais nojo foi esse Lulu Santos. Fazendo chacota do nome das meninas… E ele nem sabe o que LULU significa em pashto.

  6. Eu só vi a primeira parte do programa, e acho que devemos tomar certos cuidados com o relativismo cultural: nós devemos respeitar a cultura deles, mesmo não concordando com algumas coisas, acho que isso é tão óbvio, né? No entanto, penso que eles também devem respeitar a nossa cultura. Assim como a carioca ridicularizou a comida deles, dizendo que era nojenta, as paquistanesas ridiculizaram uma mulher grávida que mostrava a barriga, as pessoas que bebem. Qualquer um – nesse caso, paquistaneses ou brasileiros – pode questionar esse tipo de comportamento, mas é importante lembrar que são padroes aceitos e legitimados socialmente. Então, a minha opinião vai mais no sentido de respeitar as culturas em primeiro lugar, estando ou não de acordo com certas coisas. Questionar sim, mas respeitar sempre. Achei péssima a imposição da Hebe sobre os talheres, por exemplo, assim como achei péssimo a menina paquistanesa dizer que era uma coisa horrorosa um chaveirinho do Cristo.

    1. A questão da mulher grávida eu também achei um exagero, afinal, elas estavam no nosso país. Confesso que também acho feio e não consigo comer vendo um barrigão de fora com aquele umbigo saltado, mas essa sou eu e jamais comentar isso na frente de moças e amigos dela. O que se passa é que a repórter pergunta coisas e colocam-se apenas a resposta. Vocês sabem como uma edição de matéria pode ser manipulativa. Infelizmente a mãe da menina foi infeliz dizendo que aquilo era “nojento” publicamente. Essa palavra é muito forte, ainda mais tratando-se de julgar a cultura dos outros.

      Quanto ao chinelinho, também acho que Zeba foi infeliz. Afinal, Paquistão já foi Índia e acho que não é novidade pra guria ver imagens. Sinto pena dessa menina. Se ela quer estudar no Canadá imagino como vai sofrer. Toronto é uma cidade totalmente open-minded.

      O que me chateou mais foi a reação delas na igreja. Mas eu dou um desconto… Assim como existem os “average Joes” da vida, existem os averages “Mohammad”. Tanto Zeba como Michelle são meninas com um conhecimento de mundo bem pequeno que não conseguiram aproveitar nada do que lhes foi apresentado. Tudo soava bárbaro, chocante, absurdo. E na boa, gente assim não é exclusividade de Brasil ou Paquistão. Até no Canadá, o politicamente correto, tem muita gente assim.

      E Lulu Santos perdeu a mão. Vi que ele tentou compreender o lado de lá no começo, mas o deboche parecia a saída mais fácil.

  7. Oi, Ana Karina, tudo certinho?
    Encontrei o seu blog no ‘Mundo Pequeno’ e vim fazer uma visitinha!
    Interessante o post; não assisto o programa, mas sem comentário para esse procedimento de dar vergonha para aquela que muitos chamam de: “BebeQueTáAmargo.”
    Também sou expatriada; sai do Brasil em 2000, e desde 2003, moro na Holanda. (O choque cultural existe e acaba sendo benéfico – de uma maneira ou de outra -. Sou da opinão que existem coisas boas e ruins em qualquer lugar do planeta! Nós é que temos que ressignificá-las à nossa moda!)

    Será uma alegria se visitar o meu cantinho virtual, que é: http://josanemary.wordpress.com/mevrouw-jane/

    E será uma outra alegria, se quiser ler o prefácio do meu livro: Mevrouw Jane (o prefácio não foi feito por mim, mas por um outro escritor, um já reconhecido no mundo literário). Se gostar – ou não – por favor, deixe um comentário; vou adorar ler a sua opinião!

    Tenha um ótimo dia!
    Grande abraço.
    Josane Mary

  8. bonita, como vai voce?
    terminei SEP e agora to em GMT, entao to sentindo mais tranquilo o treinamento ai me atualizei no seu formspring. ai gente que delicia aquilo lá! cada pergunta engraçada! akele comentario do ovo cozido e sua historia do pax q pediu p embrulhar a bandeja, jesus, dei gargalhadas altas aqui!!! e esse negocio do prodto HEMP acho melhor nao trazermos p dxb nao..hehehe.. e certeza que vou procurar os produtos do himalaya na india.
    entao, to morando no al hathboor (q mta gente conhece como al habtoor), fica mesmo atras do ramada continental hotel em abu hail (q algumas pessoas conhecem como hor al anz). to adorando morar aqui! parei com uma flatmate brasileira que é um amor e estamos nos entrosando muito bem. o apartamento é ótimo. ontem andei pela 1a vez no metro e adorei a divisao de classes, hahahaha! vagao sem homem, 1a classe, bem legal. estou sendo muito bem tratada por dubai e pela emirates, realmente nao tenho do que reclamar. quando quiser me conhecer, tomar um chá, fazer nada ou simplesmente bater um papo, me avise, será um prazer conhece-la! devo admitir que acho um pouco estranha a situacao de finalmente te conhecer, depois de tanto ler seus escritos, mas sinto no mínimo uma instigação, curiosidade, pra ver quem é essa pessoa que escreve coisas que eu tanto gosto e que me trazem muitos momntos felizes. agora q vc ja tem meu facebook fica melhor – queria inclusive te mandar essa mensagem por lá, mas nao sei por que, meu FB tá de pá virada e nao quer abrir.
    um beijo gordo, (hahahahaha)
    Lara

    1. obaaaaa 🙂 meu melhor amigo mora aí! já tem acesso ao portal? aí você pode achar meu telefone… hehehe, me manda sms já que teu FB se revoltou. beijoooo e quero te ver logo!

  9. assalamu waleikum irmãos brasileiros!!!

    Venho desta convidá-los ao meu canal no youtube o nosso canal mulçumano para poder gritar contra as atrocidades contra nosso profeta e o islam… está acima o meu 3ºPrograma em resposta do choooque cultural da hebe I parte…convidem mais irmãos legal…? Continuarei a 2ª parte do programa k será divido em mais 4º,5º,6º,7º,8º,9º,10, e o derradeiro 11º para fechar….
    reclamações,sugetões e propagandas envie no e-mail: programamohammedhaziz@hotmail.com

    Waleikum assalam

    Mohammed Haziz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s