Arquivo do mês: agosto 2011

Meu Google Reader

E fi-nal-men-te aprendi a usar esse Google Reader. 🙂 Coisinha legal a valer, sempre soube da existência mas nunca tive tempo/paciência de fuçar. Nada melhor do que quatro horas de stand by no aeroporto fazendo PN pra aprender – jeca que sou, quase uma amish. Agora posso compartilhar todos os meus links e porcarias acumulados nos meus favoritos! Não é magia, é tecnologia!

Quem quiser me seguir, clique aqui. Quem não quiser que vá… Deixa pra lá.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em link, nerd

“Minha vida, um filme do Didi”

Episódio de hoje: “Eu ainda vou matar essa macaca”

“E nem te digo, Celena, onde vão encontrar aquele Blackberry… Só te digo que aquele traseiro vai vibrar na mesa de autópsia quando eu ligar pra ele e eu disser: trouxas, trouxas! Mais champagne, por favor!

Sinopse: Depois de uma noite sem dormir causada pela enxaqueca completa (com fotofobia e tudo), Ana Karina (Jamie Lynn Siegler) finalmente consegue um horário na clínica para pedir um remédio que dê fim ao sofrimento. Mas o médico não aparece e a nossa protagonista é obrigada a esperar 1h40m por um encaixe. Com a cabeça latejando ela aguarda impacientemente quando uma coleguinha recebe uma ligação em seu telefone móvel e decide contar suas férias em Shanghai em decibéis inaceitáveis e, pra piorar, em tagalog. Como uma grande ironia a mocinha faladoura está sentada sob a placa de “silêncio” e “proibido usar telefones celulares”.

Deverá Ana Karina matar sua coleguinha e se safar da cadeia porque tem segundo grau completo e é riiiiiicaaaaaaa? Em companhia de sua amiga Celena (Sarah Chalke), uma glamurosa advogada expatriada em Berlim, terá que decidir se foge pra Cannes ou St. Tropez após o crime. Deverá ela usar um vestido floral ou um conjuntinho branco e azul-marinho estilo navy para fugir na lancha do galã indiano (John Abraham)?

Isso é uma ficção fruto da doentia cabeça minha cheia de remédios. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Ficadica.

4 Comentários

Arquivado em mau-humor