Arquivo da categoria: Japão

Tóquio em lápis de cor.

Uma das minhas melhores compras em outubro foi esse livrinho/sketchbook delicioso, o ‘Tokyo on Foot‘. Coloquei aqui na mesa de centro da minha sala e meus amigos adoraram! Está recheado de memórias gráficas feitas de lápis de cor e mapas. Para viajar no sofá de casa com um copo de matcha + leite. 🙂

E no mesmo dia ainda arrematei um guia de viagem pra nerd, o ilustradíssimo ‘A Geek in Japan’. Pra variar, comprei em Toronto. Pra variar, perdi umas 4 horas lendo essas belezinhas e tomando café mijo-de-gato (argh, Starbucks, mas era o que tinha ali perto). A editora é de algum lugar no mundo e os livros são impressos em Cingapura e, mellldellls, me segura Berenice que eu quero comprar o site inteiro.

Não sei se dá pra comprar no Brasil. Mas dá pra comprar pelo site da Tuttle Publishing e, pá, livro não paga imposto. 🙂 Logo, compre tudinho de uma vez no fim do ano pra pagar uma entrega só. Aliás, tô só vendo o catálogo e acho que vou mandar brasa!

 

 

 

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Japão, livros

defina bizarro

http://www.youtube.com/user/cookingwithdog

cozinhe com cachorro. não é o que você pensa. cara, amo o Japão. quando penso em bizarrice esses caras se mostram PRO!

4 Comentários

Arquivado em Japão, Uncategorized

pagode japonês

Huahuahua, cagando de rir desde manhã.

Eu qis te olhar mulher nua. Namoração de internet é bom, né?

7 Comentários

Arquivado em Japão, tosco, video

Osaka walk-around.

Photobucket
Osaka é uma cidade cheia de bicicletas, motinhos, patinetes e patins.

Photobucket
E as neusas esbanjam estilo até para pedalar.

Photobucket
Até o policial tem sua motinho. Praticamente um país da Hello Kitty, muito muito bonitinho.

Photobucket
Alguém do Japão me explica que tipo de despacho é esse. Adoro. Porque o povo brasileiro adora mandar Cidra Cereser pra Yemanjá no ano novo (e por isso se fode o ano todo, isso é mágoa braba). Mas o despacho, aqui, é de Moët. Ricas!

Photobucket
A cidade é super arborizada e existe uma superpopulação de cigarras. Digo isso porque o barulho chegava a ser absurdo de taaanta cigarra junto. Pois é, dona cigarra. Como vai seu marido? Foi fumado?

Photobucket
Floricultura. Desculpem-me pela emoção. Mas vivo no meio do deserto. Um raminho de gérberas custa mais do que 40 reais por aqui. Que vontade de comprar todas e colocar dentro da mala!

Photobucket
Engrish! Lavanderia para uma “vida limpa”. Tal como a máfia libanesa em Sampa, tão limpa que lava até dinheiro.

Photobucket
Alguém me diz que raça de cachorro é essa? Parece um salsichinha peludo, muito lindinho. Super hype, toda neusa moderna tem um.

Photobucket
Compras! Me arrependi amargamente de não ter levado essa panela de porquinho. Preciso perder essa péssima mania do Golfo Pérsico de barganhar para tudo. Não tente pechinchar no Japão. Não dá.

Photobucket
Papel higiênico fáive stars. É reasonable. Não entendi o que eles quiseram dizer. Não vejo como um rolo de papel higiênico pode ser algo “racional”. Enfim, isso é Japão, terra natal do Engrish.

Photobucket
Pensei que fossem sabonetinhos. Tipo aqueles sabonetinhos que sua avó coloca no lavabo. Mas não, são DOCES. Lindos e muito ruins. Todos com gosto de feijão doce. Olha, vocês me perdoem mas acho a culinária japonesa muito bo-ring! Peixe cru, arroz sem tempero, um bando de ensopados sem graça e doces de feijão. Já notei que o povo daqui é muito saudável e não tem o mesmo sweet tooth que nós, brasileiros, temos.

Photobucket
Pacote de biscoitinhos da sorte. Que coisa medonha!

Photobucket
E os tradicionais gatinhos da sorte. Me joguei, comprei pencas. Adoro. Sabem o que eu adoro ainda mais no Japão? Lojas de 100 Yenes (mais ou menos 1 dólar). Dá pra comprar presente para todas as suas amigas rachas que gostam de Hello Kitty e coisas bonitinhas. Fico loooouca, volto com a mala abarrotada de tranqueira.

Photobucket
Taxi em Osaka. Muito bonitinho. E as poltronas são forradinhas com toalhinhas de crochê.

Photobucket
Banheiro do Imperial Plaza. Acho esse banheiro sensacional. Porque tem banquinho e espelho próprios para que nós, rachas, possamos nos maquiar decentemente. Sinceramente, a idéia do banquinho é genial. Me faz lembrar da penteadeira que tive quando criança (e me arrependo horrores de ter me desfeito dela).

Photobucket
Este é o famoso japanese toilet. Você se senta e ele começa a fazer barulho de descarga (as neusas tem hor-ror de que ouçam o barulho do xixi ou, quiçá, dos blop-blop do number two). E muitas outras funções…

Photobucket
Controle de funções. Confesso que gostei do serviço chuca-for-dummies (basta clicar no botão de água na bundinha), é bem suave. Já o bidet é mais agressivo, assusta no início (ok, je sais, como sou ortodoxa).

Photobucket
Instruções. Adoro a marca do aparelho, “Toto”. Toto para totô, muito honesto. Gosto de coisas sinceras, preto no branco. Ou marrom no branco, como preferir.

13 Comentários

Arquivado em fotos, Japão, Osaka, viagem