Arquivo da categoria: medinho

vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante, vermelhão…

Pois se Sidnéya fosse ou lá estivesse, me cagava toda pensando que 2012 chegou. Leiam a matéria aqui. Pois no meu bolão do fim do mundo eu aposto 10 reá que o primeiro lugar que vai pro saco é a Austrália. Tipo Sodoma e Gomorra down under.
E amanhã vou jogar no jacaré.

Deixe um comentário

Arquivado em medinho

Be haunted!

Vi esse clip na MTV hoje de manhã. A música não é das minhas favoritas, esse discursinho da abertura é um saco e o final animação em estilo “me enchi de LSD e fiz essa merda quando estava chapadão” é um cu. Mas a idéia (adiante para 01min 12 segs) é genial.

Esse clipe me trouxe memórias agradáveis como quando minha mãe me fazia cagar de medo do homem do saco ou da lavanderia da Santa Casa, aqui em Santa Cecília… Onde ela dizia “não olha lá dentro porque lá eles lavam cadáver”. Ou da Cuca do Sítio do Pica-Pau-Amarelo que fodeu minha primeira infância… Ou o ET do Spielberg que não assisto até hoje sozinha (assisti pela última vez em Peshawar e meu ex-ex teve que ficar na porta do meu banheiro enquanto eu fazia xixi, vai que aquela coisa horrenda entra na casa, sempre temos M&Ms na dispensa).

http://www.youtube.com/v/WAmcpsN1GL4&hl=pt-br&fs=1&

E nao acho genial assustar criancinhas so porque sou escrota, de direita e PSDBista. E que gracas aos contos macabros que minha mae me contou a minha infancia foi muito divertida. Oi, mae. A senhora nao me complexou. 🙂 Obrigada por nao ter criado uma Pollyana, mas uma pessoa com uma imaginacao muito rica gracas aos castelos de Sao Vicente e aos monstros pavorosos que viviam embaixo da minha cama.

5 Comentários

Arquivado em medinho

Tô indo!

:(((

Tô me sentindo como gato indo pro banho. Muito pouco tempo para tanta coisa pra fazer. Não consegui encontrar metade dos meus amigos e ainda não resolvi o tripopó do meu diploma. :((((

Ok, volto em março, o tempo voa, yadda yadda yadda. Obrigada a todos os amigos que encontrei, que conheci, que não consegui reencontrar. Agora vou terminar de arrumar a mala para me mandar pra Dubai.

E pra já entrar na vibe dos golimar, Golima-ar-ar-ar. Ah, enquanto não posto por aqui visitem o blog do Fred.

E pra quem não viu o Golimar contando piada (dedico a Paola):

7 Comentários

Arquivado em Dubai, medinho, video

Doha – Dubai – São Paulo

Juro que fiz isso tudo em uma noite. Explico… Lá fui eu voar para Doha. Foram 40 minutos na ida + 50 na volta, 20 minutos em terra (Lu Farah, mandei um beijo pra você lá do aeroporto).

Como estou com esse início de gripe, caí dura na cama quando voltei de Dubai. Deu tempo de tirar apenas a roupa e colocar o pijama, mas dormi de coque e make up.

Lá pelas tantas já estava em São Paulo, no Mercado Municipal. Estava comprando carne moída paquistanesa (!!!) para fazer keema pro marido e vi o Paulo Maluf fazendo discurso com um abacaxi na mão.

Eis que um sujismundo lhe dá uns 4 tiros e sai correndo na multidão. Vou atrás do cabradapeste e dou uma voadora (meus delírios kung fu, tá), imobilizo o maldito e o encho de azeitonas, bródi. Pá, pá, pá. Vinguei o libanês, sorry pelo momentinho Hezbollah (ok, odeio o Hezbollah, mas era para dar um toque dramático).

Acordei com o telefone tocando. Só lembro que descarreguei o resto das balas da semi-automática em uma melancia. Huahuahua.

Sabe, sonhar com o Paulo Maluf me deixou ainda mais homesick. Adoro eleições, absurdos, candidatos toscos, as promessas do tio. 😦

3 Comentários

Arquivado em medinho, São Paulo